Gestão

Beauty House: Tratamentos personalizados e muita disposição para cuidar!

Publicado em 15 de março de 2018  •  por Casa da Estética

beauty house

Há quase 30 anos, o cenário para a estética brasileira era bem diferente do atual. A tecnologia ainda não era muito desenvolvida, muitas técnicas também não haviam sido descobertas e a educação para o setor estava dando os primeiros passos. Mas o espírito empreendedor já existia! Um exemplo inspirador é do centro de estética Beauty House. Fundado pelo casal Luciana e Ricado Nemr, a empresa é o modelo vivo de quem começou quando as coisas não eram tão fáceis, mas superou desafios e, hoje, é uma das maiores referências em tratamentos estéticos personalizados do Brasil!

A clínica abriu as portas em 1989, em São Paulo, e seus proprietários tinham uma ideia fixa na cabeça: oferecer tratamentos estéticos de forma ética e com resultados! “Ainda com equipamentos rudimentares e sem muito embasamento teórico, iniciamos com esteticistas e massoterapeutas. Com a evolução da tecnologia na área e o interesse de profissionais de fisioterapia e medicina voltados para a estética, pudemos crescer tecnicamente. Hoje, trabalhamos em duas unidades e nossa equipe multidisciplinar é composta por dermatologistas, fisioterapeutas, biomédicas e esteticistas, todas equipadas com aparelhos de última geração!”, conta Luciana Cominato Nemr que, além de sócia da Beauty House, é terapeuta ocupacional, técnica em estética e coordenadora de tratamentos da empresa.

 

Quando a exclusividade faz a diferença!

beauty house fundadora

Luciana, fundadora da Beauty House

O centro estético oferece diversos tipos de tratamento, mas os corporais, como os para celulite e gordura localizada são os mais procurados. No entanto, independente desta demanda, Luciana considera que os atendimentos exclusivos e feitos sob medida para cada cliente é o que conquista grande parte do público. “Existem muitas redes que oferecem tratamentos estéticos, entretanto, pela própria característica do negócio, nem sempre podem personalizar os tratamentos. Por outro lado, profissionais que atendem a domicílio ou em pequenos consultórios, nem sempre conseguem a variedade de equipamentos ideal para atingir a necessidade de cada cliente. A Beauty House conseguiu unir a tecnologia de grandes redes à personalização de tratamentos de pequenos consultórios”, explica.

Aparelhos modernos, práticos e com eficácia comprovada fazem a diferença nesse quesito. “Os equipamentos tecnológicos são parte fundamental de nosso trabalho e, aqui, os preferidos são a criolipólise e a radiofrequência. Além de resultados surpreendentes, temos acesso às pesquisas em que são fundamentadas. Isso nos dá o alicerce para escolher o equipamento adequado e oferecer o que realmente está indicado para cada necessidade”, pontua a empresária.

Nessa mistura de sucesso entre pioneirismo, busca pelo novo e atendimento personalizado, Luciana e Ricardo somaram a essa história um encontro com a Casa da Estética. Hoje, as duas companhias são parceiras. “Conhecemos a Casa da Estética quando estava iniciando também! O que nos leva a continuar essa parceria é a excelência do atendimento, a atenção no pós-venda e treinamentos contínuos. Fazem conosco o que fazemos com nossos clientes: atendimento personalizado!”, relata.

De lá para cá, foram muitos atendimentos, pacientes com diversas queixas que tiveram suas vidas transformadas pela estética. “É uma delícia trabalhar com estética, aumentar a autoestima das pessoas, ver sonhos serem realizados”, comenta Luciana. Mas alguns clientes construíram histórias especiais. A terapeuta disserta sobre um caso que mostra como oferecer mais do que o paciente procura é a chave para uma longa jornada de sucesso. “Um rapaz, cerca de 35 anos, chegou para tratamento capilar. Apesar do excesso de peso e gorduras localizadas, o que o incomodava era a queda de cabelo. Iniciamos o tratamento e, como os resultados estavam super bons, ele foi ganhando confiança na clínica e nos profissionais. Resolveu iniciar o tratamento para perda de peso e modelagem corporal. Entrou por aqui com o manequim 52, sem nenhuma disposição física e com um pouco de depressão. Associamos equipamentos, massagens, injeções intramusculares para acelerar o apetite e ele foi perdendo peso e se animando. Comprou uma bicicleta e começou a associar o tratamento às pedaladas diárias! Alguns meses depois, eu estava na porta da clínica e vi um rapaz chegando de bicicleta, não o reconheci! Final do tratamento: manequim 42, barriga chapada, disposição para andar de bicicleta por 16 Km diariamente e pronto para uma nova vida!”.