fbpx
Estética

Como hidratar a pele no inverno?

  •  por Casa da Estética

“Normalmente minha pele é oleosa, mas quando chega o inverno fica super ressecada?” ou “Minha pele é seca e quando chega o frio ela descama?”. Nesta época do ano, é muito comum ouvirmos essas queixas dos nossos clientes.

Por isso, preparamos um conteúdo especial para que você oriente seus clientes e os auxilie para manter a sua pele hidratada o ano todo.

Por que sua pele fica tão ressecada no inverno?

Mesmo que você tenha uma pele oleosa ou mista, durante o inverno ela pode ficar mais seca, com a sensação de que está desidratada e, até mesmo, com as linhas de expressão mais “marcadas”. E para quem já tem a pele seca, a sensação é pior ainda. Isso ocorre geralmente por causa de dois fatores:

1) As suas glândulas sebáceas podem até estar produzindo a mesma oleosidade

normal de sua pele, porém durante o inverno, a umidade do ar cai muito tornando o tempo fique muito seco.

2) No frio temos menos vontade de beber água, e consequentemente, temos uma redução na hidratação do corpo. Com isso, você pode ter a sensação de que a pele está com aspecto craquelado ou com rugas. Mas, não se preocupe: isso não significa que a sua pele envelheceu durante o inverno ou em apenas um mês. Na verdade, as escamas da pele e a camada queratinosa – que recobre a pele – é que dão esse aspecto mais esbranquiçado e mais “marcado”.

3 dicas para manter a pele do seu cliente hidratada no inverno?

DICA 1: Sugira substituição do sabonete em barra pelo sabonete líquido

Nos casos de peles oleosas, evite, pelo menos durante o inverno, utilizar sabonetes comuns para esse tipo de pele. Isso poderá ressecar ainda mais a pele e talvez ocasionar o efeito rebote, isto é, as glândulas sebáceas, por proteção, acabam produzindo mais oleosidade e, se há tendência à acne, elas poderão aparecer, além de uma pele desvitalizada. Solução: Optar por sabonetes neutros, à base de glicerina, para não agredir ainda mais a pele.

DICA 2: Sugira dermocosméticos hidratantes

O ideal é utilizar o produto indicado para o seu tipo de pele (seca, mista ou oleosa). Antes de tudo, faça sempre a avaliação para identificar o tipo de pele do seu cliente.

Se a pele for oleosa ou mista, a textura dos hidratantes pode ser em gel ou loção (não comedogênica), para não causar um excesso de oleosidade e dar uma sensação de pele ensebada.

Se a pele for seca, opte por hidratantes mais cremosos ou loção (não comedogênica), assim sentirá um alívio muito maior e a sensação da pele hidratada irá durar por mais tempo.

Se for para o corpo sugira óleos e hidratantes de banho. Eles são práticos e assim não terá a desculpa de que esqueceu ou que está muito frio para passar o hidratante após o banho!

Mas se a sua pele estiver muito craquelada, muito esbranquiçada, começando a ter irritação, dermatite ou até mesmo fissuras, nesses casos, é melhor utilizar produtos específicos. Uma pele mais hidratada é uma pele mais saudável, jovem, luminosa e radiante. E sim, isso é possível no inverno!

DICA 3: Aposte no Pantenol para hidratar e recuperar a pele

O inverno é a época ideal para realizar tratamentos faciais que incluem ácidos. Os ácidos provocam a descamação da pele que, consequentemente, promovem a renovação celular para tratar as manchas, as acnes, as cicatrizes de acnes e rugas, por exemplo.

Porém, durante o processo de descamação e renovação celular, conhecido comoTurn Over Celular, algumas reações não serão tão agradáveis como: ressecamento intenso, repuxar da pele, ardor e sensibilidade. Para aliviar esses sintomas, recomenda-se bastante o uso de pantenol que ajudará a hidratar profundamente a pele.

Importante destacar que durante o Turn Over Celular deve-se evitar ao máximo a exposição ao sol, pois caso contrário, poderá prejudicar os resultados do tratamento. Sendo assim, o inverno é a estação do ano mais indicada, pois os raios ultravioletas são menos severos, logo o risco de reações adversas durante o processo diminui.

Pode ser utilizado para pós-peeling, tais como, peelings mais abrasivos como o peeling de cristal e diamante – disponíveis no aparelho Dermotonus – o peeling de jato de plasma – disponível no Plasmed – e até mesmo após o peeling ultrassônico – do Sonopeel (também excelente para lábios rachados).

O peeling ultrassônico é um dos peelings mais indicados para o inverno. Com ele é possível retirar toda a camada queratinosa – a camada mais superficial da pele – para aquelas peles que estão sem viço, com as escamas aparentes e com aspecto esbranquiçado, desidratado e com rugas. Para saber mais sobre esta incrível tecnologia e as suas indicações no inverno, clique aqui.