fbpx
Estética

3 dúvidas sobre a técnica de Criolipólise

  •  por Casa da Estética

tratamento com criolipólise

Em 2015, só deu ela! O tratamento com criolipólise é através de um método de congelamento feito para destruir a gordura localizada. A técnica veio pra ficar e promete ser ainda mais procurada em 2016.

A formação da palavra criolipólise é uma junção de termos científicos e palavras antigas. “Crio”, do vocábulo grego “kryos”, quer dizer frio, “lipo” significa gordura, e “lise” é igual à destruição. Trata-se de um tratamento seguro, que não danifica os tecidos adjacentes, além de ser o primeiro aprovado pelo FDA (Food Drug Administration) para reduzir a gordura localizada sem cirurgia. “A criolipólise é uma técnica inovadora, e que está super em alta no mercado. Ela consegue reduzir a quantidade de adipócitos (células de gordura) do local do tratamento através da exposição dessas células a baixas temperaturas por um período prolongado de tempo”, explica Bruna Tanzillo, fisioterapeuta e técnica da Casa da Estética.

Contudo, não é raro se deparar com notícias informando erros de operação da técnica e, até mesmo, queimaduras causadas por profissionais que insistem em realizar certos tratamentos sem os conhecimentos necessários, colocando em risco a saúde do cliente. É preciso salientar que, quem pretende trabalhar com a criolipólise precisa buscar cursos e especializações que permitam a habilidade clínica do procedimento.

 

O tratamento com criolipólise

Uma das grandes preocupações para evitar qualquer problema é que a área a ser tratada deve ser isolada com uma espécie de membrana protetora. A seguir, é inserida uma manopla com uma ponteira formada por duas placas de resfriamento, que farão o congelamento dos lipídios localizados no interior dos adipócitos da região. O resfriamento é gradativo e pode chegar a até -10ºC, as temperaturas variam de acordo com a quantidade de gordura, o que faz com que os lipídios sofram alterações em sua estrutura e deixem de ser utilizados como fonte de energia. Logo, os adipócitos que “carregam” os lipídios deixam de ter função para o organismo e as células de gordura, por serem sensíveis ao frio, são eliminadas lentamente pelo sistema linfático após o procedimento.

O que atrai muitos olhares para a criolipólise é o fato de que em uma sessão é possível eliminar até 25% da gordura. Todavia, é importante que a pessoa agregue ao tratamento uma rotina saudável, que inclua exercícios, o que ajudará na remoção das células de gordura. Vale destacar que a criolipólise é recomendada apenas para as áreas que possuem mais de 2 cm de adiposidade.

 

Dúvidas Frequentes sobre o tratamento com criolipólise

Perguntamos para a fisioterapeuta Bruna Tanzillo as 3 principais dúvidas dos profissionais de estética com relação à criolipólise. Veja as respostas abaixo.

 

1) Qual massagem realizar após o procedimento?

A massagem indicada após o procedimento deve ser sutil, suave e superficial. O objetivo é apenas estimular a microcirculação, reestabelecer a sensibilidade no local e dissolver os cristais provenientes do resfriamento que foi realizado ali. Técnicas como drenagem linfática manual ou ainda a massagem modeladora podem ser realizadas após uma semana do tratamento.

 

2) Qual intervalo devo realizar entre as sessões?

O procedimento deve ser realizado com intervalos entre 60 e 90 dias. Isso porque a técnica induz um processo de apoptose, ou morte celular programada, dos adipócitos. Sendo assim, é necessário um intervalo para que o organismo restabeleça o processo inflamatório e regenerativo que ocorrerá no local de tratamento.

 

3) Quais equipamentos posso utilizar em protocolos de tratamento com Criolipólise?

Equipamentos como ondas de choque, lipocavitação e radiofrequência podem potencializar os resultados de redução de medidas e ainda melhorar o quadro da pele, evitando a flacidez. Porém, é necessário sempre realizar uma boa avaliação do paciente a fim de conhecer suas reais necessidades, bem como respeitar os limites de intervalo entre as sessões.

Acesse o site da Casa da Estética e conheça os melhores equipamentos de Criolipólise. Clique aqui

investimento centro estético, tratamento com criolipólise