fbpx
Estética

Termoterapia estética: tudo o que você precisa saber na ponta da língua

  •  por Casa da Estética

manta térmica, termoterapia estética

Muito provavelmente você já ouviu falar em termoterapia estética. A lógica é simples: todo processo que usa o aumento de temperatura para tratamento estético ou terapêutico pode ser classificado como termoterapia. Mas vamos conferir se todo o seu conhecimento está em dia sobre o assunto?

 

Quais são os benefícios da termoterapia?

Podemos dizer que os benefícios são todos provenientes desse aumento de temperatura, que, normalmente, é provocado pela manta térmica. Isso inclui:

  • Relaxamento – ótimo para a boa sensação dos clientes, inclusive em dias mais frios;
  • Vasodilatação cutânea;
  • Aumento do fluxo sanguíneo superficial;
  • Melhora na permeabilidade cutânea dos ativos;
  • Estimula a renovação da pele;
  • Efeito anti-inflamatório.

 

Manta térmica

Já que o recurso principal normalmente utilizado na termoterapia é a manta térmica, é importante lembrarmos todas as possibilidades de uso. Existem 6 tratamentos principais que podemos utilizar a manta térmica:

  1. Tratamento contra celulite;
  2. Massagem relaxante;
  3. Analgesia;
  4. Redução de medidas;
  5. Protocolos desintoxicantes;
  6. Permeação de ativos.

Por conta da quebra das células de gordura e estímulo da sudorese, a manta térmica é muito utilizada para tratamentos corporais que visam reduzir medidas (através do “desinchaço” causado pela retenção de líquidos, acúmulo das células de gordura e inflamação do organismo).

Para potencializar esses resultados, muitos profissionais utilizam as argilas e óleos com o uso da manta térmica nos protocolos. Além disso, a termoterapia é muito recomendada nos protocolos de drenagem linfática ou massagem modeladora.

 

Clique aqui para conferir a diferença entre massagem modeladora e drenagem linfática.

 

Além disso, é possível associar o uso aos protocolos que também utilizam o Cellutec – massageador e modelador corporal – e o Dermotonus, tanto o Dermotonus Slim quanto o Dermotonus Esthetic, por conta da tecnologia de endermoterapia.

 

Para complementar a termoterapia

Não importa se o motivo é o clima que está com as temperaturas mais baixas ou o seu centro de estética que costuma estar sempre geladinho, o frio acaba sendo muito incômodo na hora das clientes exporem o corpo ou sentirem os géis e cremes gelados.

Apesar da manta térmica ter um potencial de aquecimento maior, também há a opção de dar mais conforto aos clientes através do lençol térmico. Além disso, é possível aquecer os géis que serão utilizados nos protocolos com o Gel Kent. O aparelho consome pouca energia e ajuda na sensação de conforto.

 

Para conferir os produtos de termoterapia no site da Casa da Estética, clique aqui.