fbpx
Estética

4 tratamentos estéticos que complementam a Dermatologia

  •  por Casa da Estética

esteticista e dermatologista

A ida ao dermatologista é indispensável para manter a boa saúde da pele. No entanto, boa parte dos procedimentos indicados pela medicina precisa de auxílio estético para potencializar resultados. Abaixo, você confere 4 tratamentos estéticos que complementam a dermatologia e vão fazer uma super diferença na sua prática clínica! As informações são da fisioterapeuta e técnica de treinamentos da Casa da Estética, Bruna Tanzillo.

 

Limpeza de pele

Tratamento básico para iniciar qualquer processo de tratamentos faciais. Ele irá retirar as impurezas da pele, acelerar a renovação celular, aumentar a hidratação e a imunidade da pele, além de prepará-la para a aplicação de eletroterapia, por exemplo.

Saiba mais sobre o aparelho de Peeling Ultrassônico que realiza a limpeza de pele profunda!

 

Drenagem Linfática

Pode ser feita 24 horas depois de procedimentos de aplicação de enzimas ou hidrolipoclasia. A massagem contribui para o alívio de dores, edemas e hematomas, auxilia na redução de medidas e modelagem do corpo e evita o aparecimento de fibroses.

Entenda como a pressoterapia ajuda na realização da drenagem linfática.

 

Endermoterapia e radiofrequência

Duas técnicas que devem ser indicadas semanas antes de tratamentos com o dermatologista para rejuvenescimento, como botox ou preenchedores. A endermoterapia estimula a circulação local, favorecendo o aporte nutricional e a oxigenação do tecido, reorganiza a matriz conjuntiva, remodelando os tecidos e organizando os feixes de colágeno e elastina. Já a radiofrequência aplica elevadas temperaturas no tecido dérmico para estimular a ação de fibroblastos na síntese de neocolagênese e neoelastogênese.

Quando aplicadas simultaneamente, auxiliam no processo de remodelamento da face, aumentando a oxigenação do tecido,  amenizando o relevo irregular da pele com rugas e linhas de expressão e acelerando o processo de recuperação da pele.

Conheça equipamentos de endermoterapia e radiofrequência!

 

Esses são alguns dos tratamentos que podem ser trabalhados de forma combinada com o trabalho do médico dermatologista, mas existem outros, como, por exemplo, a aplicação de LED no tratamento capilar. É importante que, tanto os profissionais de estética, quanto os médicos dermatologistas, conheçam o potencial de combinação dos dois trabalhos em prol da pele para que os resultados sejam potencializados.

Conhece algum tratamento estético indicado por dermatologista ou que pode ser complementar? Comenta aqui!