Reabilitação

Outubro rosa: o mês da prevenção do câncer de mama

1 de outubro de 2015  •  por Casa da Estética

iStock_000015076797_XXXLarge

O câncer de mama é uma das doenças mais perigosas da atualidade, mas se tratada em sua fase inicial pode ser curada. A prevenção é a palavra-chave e, para reforçar ainda mais a importância desta bandeira, nasceu o Outubro Rosa.

Lançado nos Estados Unidos, na década de 1990, o movimento estimula a participação da população no controle do câncer de mama. O mês é celebrado em todas as partes do mundo, anualmente. Desde 2010, a ação tem representatividade no Brasil por meio do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e, a partir de então, ganhou espaço em vários setores da sociedade.

O grande objetivo é alertar mulheres e também homens (a doença também pode acometer o sexo masculino, porém, em menor proporção) sobre a prevenção deste tipo de câncer que é o que mais mata no Brasil, depois do câncer de pele. Para isso, são feitas campanhas e discussões, reforçando a importância do autoexame mamário.

O autoexame é imprescindível para detectar os sintomas relacionados ao problema. Ele pode ser feito no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano. Deve-se procurar alterações no formato das mamas, pele da mama avermelhada e retraída, caroços nas mamas ou axilas e secreções pelos mamilos.

Aprenda a fazer o autoexame:

1)  De pé, em frente ao espelho, observe o mamilo, superfície e contorno das mamas. Levante os braços. Observe se o movimento altera o contorno e a superfície das mamas.

2) Deitada, com a mão direita, apalpe a mama esquerda. Faça movimentos circulares suaves, apertando levemente com a ponta dos dedos. Repita tudo na mama direita.

3) No banho, com a pele ensaboada, eleve o braço direito e deslize os dedos da mão esquerda suavemente sobre a mama direita, estenda até a axila. Faça o mesmo na mama esquerda.