Estética

Mais carboxiterapia, menos dor

14 de novembro de 2016  •  por Casa da Estética

carboxiterapia, tratamentos estéticos

Já falamos aqui no blog sobre a carboxiterapia e suas grandes vantagens para a estética, como celulite, gordura localizada, flacidez de pele, rugas, linhas de expressão, olheiras, correções pós-cirurgias plásticas e estrias. Mas como esse setor nunca para suas pesquisas, uma novidade chegou!

sycorcinza2Uma das grandes queixas dos pacientes que se submetiam ao tratamento é sobre o desconforto que ele causa. A infiltração subcutânea de gás carbônico (CO2) pode ocasionar dor, dependendo da região a ser tratada ou da sensibilidade do cliente. Pensando em sanar esse problema, foi lançado o Sycor. O aparelho de carboxiterapia tem tecnologia que garante o fluxo controlado de entrega do CO2, isso significa que apenas a quantidade necessária de gás para determinado tratamento será injetada na pele, tornando a aplicação mais confortável.

Além disso, no Sycor é possível escolher o “módulo de eletroterapia” que, junto à emissão do gás carbônico, também há a emissão de correntes elétricas responsáveis por otimizar a aplicação de carboxiterapia, aliviando a dor no momento da infusão do CO2 e maximizando os resultados.

Outros tipos de tratamento também são possíveis usando o equipamento como a eletroanalgesia, que bloqueia o mecanismo de condução dos estímulos dolorosos, para diminuir a sensibilidade cutânea e aliviar o desconforto causado pela técnica. A eletromassagem, em que as correntes elétricas promovem a liberação de endorfinas e melhoram o aporte sanguíneo local para relaxamento e alívio de tensões musculares e a eletrolipólise, que aumenta a atividade enzimática das células adiposas, reduzindo os lipídios acumulados nos tecidos e, assim, diminuindo a gordura localizada.

O tratamento com microcorrentes, técnica que modula a função das células para promover aumento do metabolismo local, do tônus e do viço cutâneo, também pode ser realizado com o Sycor.

Sobre a carboxiterapia

A carboxiterapia, procedimento que infiltra subcutaneamente gás carbônico (CO2) através de um equipo estéril conectado a uma agulha hipodérmica com fluxo, velocidades e pressões controladas, é indicada para problemas como celulite, gordura localizada, flacidez de pele, rugas, linhas de expressão, olheiras, correções pós-cirurgias plásticas e estrias.

Investimento aparelhos de estética, equipando centro de estética